O Crédito Consolidado

Crédito Consolidado

Nos dias que correm, com a situação precária em que as famílias portuguesas vivem, o crédito consolidado tem sido um dos créditos mais procurados.

Como o próprio nome indica, o principal objetivo deste tipo de crédito é “consolidar” todos os outros existentes, num único crédito, de maior valor e com um prazo de pagamento muito mais alargando.

Com este tipo de crédito as famílias portuguesas deixam de estar a ligadas a várias instituições financeiras, tendo várias prestações e mensalidades a pagar, ficando apenas ligadas a uma, com uma única mensalidade e geralmente de valor muito mais baixo do que a soma de todas as outras prestações.

De uma forma geral, este tipo de créditos têm um valor muito alto, sendo assim necessário um prazo de pagamento muito superior.

Geralmente nestas casos as taxas de juros são bastantes elevadas, no entanto no caso destes créditos nem sempre acontece, já que esse valor é muitas vezes diluído nas prestações a pagar, sendo que no final pagará muito menos do que a soma dos créditos individuais que possuía.

As suas vantagens são lógicas, como a diminuição das mensalidades a pagar no final do mês (já que existirá apenas uma e de valor mais baixo), a ligação a apenas uma instituição financeira o que resulta em menos credores e a uma melhor gestão dos prazos de pagamento, já que não terá vários pagamentos ao longo do mês.

Existem ainda duas modalidades deste tipo de crédito: o crédito consolidado com e sem hipoteca.

No caso do crédito consolidado com hipoteca, é o mais comum hoje em dia, todos os créditos existentes são consolidados num único e a sua habitação é dada como uma garantia financeira para o caso do não cumprimento dos prazos de pagamento. Neste caso as semelhanças com o crédito imobiliário são muitas, no entanto existem mudanças que devem ser analisadas.

No caso do crédito consolidado sem hipoteca, é necessária a existência de um penhor para que exista uma garantia de pagamento. Hoje em dia não é a modalidade mais procurada, principalmente por todos os problemas que podem advir daí, mas existem sempre opções para os interessados.

Deixe uma resposta

(*) Required, Your email will not be published

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.